Câmara aprova PL que torna Rodeio Crioulo patrimônio cultural imaterial do Brasil

Foto: Wilson Cardoso.

Foto: Wilson Cardoso.

A Câmara aprovou, nesta terça-feira (1/12), com substitutivo, Projeto de Lei 1554/15, do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS),  que eleva o rodeio crioulo e a vaquejada e suas expressões artístico-culturais à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial.

O texto também reconhece como patrimônio as expressões artístico-culturais relacionadas ao rodeio e à vaquejada, como as montarias, provas de laço, apartação, bulldog, provas de rédeas, provas dos Três Tambores, Team Penning e Work Penning, e paleteadas, além das provas típicas Queima do Alho e concurso do berrante, e apresentações folclóricas e de músicas de raiz. O rodeio crioulo é uma manifestação popular tradicional do Rio Grande do Sul, mas que atualmente ocorre em várias partes do Brasil.

Conclusivas nas comissões, as propostas seguem para análise do Senado Federal.

Fonte: PDT na Câmara.

Comente ou link essa página

Nome:

Email:

Site:  

Comentar:

Divulgue!


Coloque esse link no seu facebook, site, twitter...

Assine no RSS
Assine e receba o RSS Feed de notícias!

Acompanhe meu trabalho no Twitter.
Será um prazer ter você na minha rede de amigos.